Busca no Blog

5 de agosto de 2014

A hediondez espírita - Dom Corrêa (7/22)

A HEDIONDEZ ESPÍRITA

Dom José Eugênio Corrêa
Bispo de Caratinga
(1957-1978)

7. ESPIRITISMO É A NEGAÇÃO DE TODO CRISTIANISMO

«O Espiritismo nega não apenas uma ou outra verdade de nossa Santa Religião, mas todas elas» disseram com razão os Bispos de Brasil. E ainda: «o Espiritismo é o conjunto de todas as superstições e erros da incredulidade moderna...»

Allan Kardec teve a ousadia de dizer: «O Cristianismo e o Espiritismo ensinam a mesma coisa...» E ainda: o Espiritismo «nada ensina ao contrário do que ensina Cristo...» No entanto, segundo esse mesmo Kardec, o inferno é pura fantasia, o céu seria um estado de perpétua ociosidade, o mistério não existe, não pode haver milagres, a Bíblia está repleta de contradições, a Igreja não vem de Cristo, os Sacramentos são criações absurdas, a doutrina da redenção é impossível, o pecado original é uma concepção criminosa...

O Espiritismo nega todo o Cristianismo: nega o mistério da Santíssima Trindade, nega que Jesus seja Deus, nega a Redenção, nega que Nossa Senhora seja Mãe de Deus, nega a existência de um Deus pessoal e distinto do mundo, nega a espiritualidade da alma, nega a existência do inferno e dos demônios, nega o mistério da graça, nega o céu...

Um espírita não pode ser cristão, e um cristão não pode ser espírita. Espiritismo e Cristianismo se excluem, esta é a verdade insofismável. Se o Espiritismo «instituirá a verdadeira religião, a religião natural», como falou Kardec, segue-se que a religião cristã é falsa. Afinal é sobrenatural e revelada, e Kardec pleiteia uma religião natural...

Nenhum comentário:

Postar um comentário