18 de fevereiro de 2020

17 de fevereiro de 2020

Alegria e Paz - Santa Teresinha

Minha paz está, no meu pranto, em escondê-lo de minhas irmãs. Oh! como a dor tem encantos, quando se disfarça sob flores louçãs! Eu quero sofrer sem dizê-lo, para Jesus ser consolado, minha alegria é vê-lo sorrir estando meu coração exilado.
Minha paz é lutar sem descanso para gerar almas para os céus, é com ternura repetir tanto a meu doce Jesus e meu Deus: "Por ti, meu divino Irmãozinho, sou feliz de sofrer e amar! Minha única alegria no exílio é de poder te alegrar.

15 de fevereiro de 2020

Imolação Cotidiana - Santa Teresinha

Jesus, minha vinda sagrada, tu o sabes, meu divino Rei, eu sou teu cacho de uva dourada e por ti desaparecerei.
Sob o lagar do sofrimento meu amor vou te provar, não quero outro contentamento que o de cada dia me imolar.

14 de fevereiro de 2020

Como Poderei ser Feliz sem Sofrer? - Santa Teresinha

Se pudesse, por uns instantes, ler na minha alma, ficaria surpreso! O pensamento da felicidade celeste, não só não me causa nenhuma alegria, mas até me pergunto, às vezes, como me será possível ser feliz sem sofrer. Jesus, sem dúvida, mudará a minha natureza, de outro modo ficaria saudosa do sofrimento e do vale de lágrimas... Só o pensamento de cumprir a vontade do Senhor é o que faz toda a minha alegria.

13 de fevereiro de 2020

A Alegria no Coração - Santa Teresinha

Há almas nesta  terra, enfim, que buscam a felicidade em vão, mas, é justo o contrário para mim, a alegria habita em meu coração.
Sim, minha alegria é amar o sofrimento eu sorrio mesmo lágrimas vertendo, pois aceito com agradecimento os espinhos que entre rosas vou colhendo.
Minha paz é a vontade santa de Jesus, meu único amor: eu amo tanto a noite como o dia assim eu vivo sem nenhum temor.
Se for, Senhor, vosso desejo muito tempo quero ainda viver; ou no Céu seguir-vos eu almejo se com isso vos fizer prazer.
O amor, fogo celeste e forte, me consome sempre, sem cessar: que me importa a vida ou a morte? Minha felicidade é de vos amar!...

12 de fevereiro de 2020

A Alegria de Não Ter Alegria - Santa Teresinha

Se soubesse quanto é grande a minha alegria de não ter nenhuma alegria, para dar prazer a Jesus!... É uma alegria puríssima, mas não sentida.

11 de fevereiro de 2020

Não Delírio, mas Paz - Santa Teresinha

Então, no transporte de minha delirante alegria, exclamei: Ó Jesus, meu amor, minha vocação, encontrei-a afinal: MINHA VOCAÇÃO É O AMOR!...
Por que falar de alegria delirante? Não, a expressão não é bem adequada. É antes a paz calma e tranquila do navegante, tão logo percebe o farol do amor, sei como achegar-me a ti. Descobri o segredo de apossar-me de tua chama.

10 de fevereiro de 2020

Faz-me Bem ter Sido Má - Santa Teresinha

Estou contente por ter visto a minha imperfeição. Ah! como me faz bem ter sido má! Não ralhou com sua filhinha e contudo ela merecia-o; mas a sua filhinha está habituada a isso, a sua doçura fala-lhe mais do que as palavras severas. Foi para ela a imagem da misericórdia do Bom Deus.
Sito-me muito mais feliz por ter sido imperfeita do que se, sustentada pela graça, tivesse sido um modelo de doçura...

8 de fevereiro de 2020

Somente o Céu Gozará dessa Alegria - Santa Teresinha

Amanhã ela será esposa de Jesus, DAQUELE cujo rosto estava escondido e que ninguém reconheceu! Que aliança e que futuro!... Sim, sinto-o, as minhas núpcias estarão cercadas de anjos, só o Céu se alegrará e também a esposinha e as suas irmãs queridas.

7 de fevereiro de 2020

Somente o Céu Gozará dessa Alegria - Santa Teresinha

Desejava muito que as velas do Menino Jesus estivessem acesas quando eu fosse para o capítulo. Quer fazer isso? Peço-lhe que não se esqueça... Não coloquei as velas cor de rosa novas, porque essas falam mais à minha alma. Começaram a arder no dia da minha Tomada de Hábito, estavam então mais rosadas e frescas: o Papai, que mas havia dado, estava presente e tudo era alegria! Mas agora a cor de rosa desapareceu... Há ainda para a sua Rainhazinha alegrias cor de rosa na terra?...
Oh! não, não há na terra para ela senão alegrias celestes...
Compreende a sua filhinha?...
Amanhã ela será a esposa de Jesus.

6 de fevereiro de 2020

Finalmente "Para Sempre" - Santa Teresinha

No Carmelo tudo me parecia encantador, cria-me transportada a um deserto, sobretudo nossa celinha me fascinava, a alegria que eu sentia era calma. Nem a mais leve brisa fazia ondular as águas tranquilas sobre as quais navegava minha barquinha. Nenhuma nuvem toldava meu céu azul... Ah! estava plenamente recompensada de todas as provações... Com que profunda alegria repetia estas palavras: "Estou aqui para sempre, para sempre!..."

5 de fevereiro de 2020

A Verdadeira Alegria está no Íntimo da Alma - Santa Teresinha

Oh! bem o sentia, a alegria não se encontra nos objetos que nos cercam. Encontra-se no mais íntimo da alma. Podemos possuí-la tão bem numa prisão como num palácio. Prova é que no Carmelo sou mais feliz, mesmo entre provações interiores e exteriores, do que era no século cercada das comodidades da vida, mormente dos encantos da casa paterna!

4 de fevereiro de 2020

Gostaria que Fosse Poupada a Dor às Pessoas que Amo - Santa Teresinha

Na terra haverá sempre alguma nuvenzinha, visto a vida não poder passar sem isso e só no Céu a alegria será perfeita, mas desejo que o Bom Deus poupe quanto possível àqueles que amo os sofrimentos inevitáveis na vida, disposta a tomar sobre mim, se for preciso, as provações que ele lhes reserva.