Busca no Blog

11 de março de 2021

 THESOURO DE PACIÊNCIA

QUARTO PASSO

DA COROAÇÃO DE ESPINHOS

MEDITAÇÃO I

 Entregue o Senhor por Pilatos à  fúria dos judeus, querendo eles zombar do titulo de Rei que o Senhor tinha, formaram uma coroa de espinhos e lhe encravaram na cabeça com desumanidade nunca vista. Jamais se contou, discorrendo por todos os séculos, que se desse a crimi­noso algum este tormento, nem que algum tirano inventasse semelhante martírio. Que industriosa foi a malícia. dos homens contra o Deus que os criara! Ó alma aflita, que talvez vives atribulada por diversos modos e cercada de muitos espinhos, olha para Jesus Cristo neste estado, e acharás consolação. Cuidarás que padeces o que ninguém padeceu, e que pessoa nenhuma tem sofrido o que tu experimentas. Ora, suponhamos que assim é: olha para o teu Deus, e vê que padeceu por ti tormentos que ninguém jamais tinha sofrido. Talvez que tristes pensamentos te ocuparão sempre a cabeça; mas olha para o teu Senhor, e vê como a tem transpassada de espinhos. Acrescenta agora que, ainda mais do que os espinhos, lhe mortificava o grande cuidado que tinha da tua salvação. Anima-te, pois, a ter paciência nesses cuidados que tanto te af1igem e atormentam a cabeça, e não deixam ter sossego no pensamento; pois sabes que muito mais atormentada está a cabeça sacro santa do teu Redentor. Louva a bondade de teu Deus, e oferece-lhe esses espinhos que te magoam, em louvor dos que por ti padeceu.

JACULATORIA-

Meu Deus, que suaves são os espinhos que me cercam, em comparação dos vossos espinhos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário