Busca no Blog

14 de setembro de 2021

Teresa de Los Andes - Deus, Alegria Infinita - Diário e Cartas

CARMELITA OU DO SAGRADO CORAÇÃO?

Estou num período de dúvidas atrozes, não sei decidir-me entre ser carmelita ou do Sagrado Coração. Por isso venho em busca de luz. Padre, o senhor que me conhece muito bem, pois tenho deixado que leia tudo em minha alma, me poderá aconselhar. Só desejo fazer a vontade de Deus.
Por um lado, sinto-me atraída para o Carmelo para viver completamente uma vida de oração e de união com Deus, separada por completo do mundo. Também me atrai por sua austeridade e por seu fim que é rogar pelos pecadores e sacerdotes. E o que me encanta é que a carmelita se sacrifica em silêncio, sem que veja os frutos de sua oração e sacrifício. Além disso, a vida de família e de simplicidade e alegria que deve reinar sempre em seu coração me agrada muito e combina com meu caráter.
Por outro lado, gostaria de ser do Sagrado Coração, porque é uma vida de perpétuo sacrifício. É também vida de oração. Se têm de tratar com pessoas do mundo, devem esforçar-se por ter o verdadeiro espírito religioso e para isto necessita-se de oração e de união com Deus. Devem sacrificar-se constantemente vivendo na maior pobreza. Sem ter nem sequer uma pobre cela, pois dormem quatro em cada dormitório. A qualquer parte do mundo as podem enviar, encontrando-se mais sós que uma carmelita, num país estrangeiro, sem ver nenhum rosto conhecido, e muitas vezes sem conhecer a língua que se fala.
O que eu desejo saber é onde me santificarei mais depressa; pois, como lhe manifestei várias vezes, Nosso Senhor deu-me a entender que viverei muito pouco (Santiago, 13-12-19 18).

Nenhum comentário:

Postar um comentário