Busca no Blog

4 de julho de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 142

A OBSERVÂNCIA ANTES DE MAIS NADA

O P. Joli, Superior Geral da Congregação da Missão, quando se tratava da observância das Regras, era atentíssimo quanto a si e inflexível quanto aos outros, não se rendendo jamais nem a razões, nem a súplicas no permitir alguma quebra da Regra, por mínima que fosse. Quando um Superior lhe escreveu, pedindo certa licença, deu-lhe esta resposta: “A nossa Regra é contrária a isso; e é preciso que estejamos fortemente apegados á Regra”. Eis a melhor de todas as razões.
Falando certo dia á sua comunidade, disse: “Devemos ter em conta de nossa obrigação principal as Regras e santos costumes da Congregação, deixando por isso, quando se trata de observá-la, todas as nossas devoções particulares: fazer mais conta, por exemplo, de não falar sem licença com pessoas conhecidas, que encontramos eventualmente, do que fazer vinte disciplinas de nossa própria vontade”

Nenhum comentário:

Postar um comentário