Busca no Blog

22 de março de 2017

Tesouro de Exemplos - Parte 336 a 337

COMO SE FAZ AÇÃO CATÓLICA

1. Uma senhora de poucos recursos, ao renovar a assinatura de um jornal católico, escreveu a direção da folha: “Eis o que aconteceu há pouco. Tendo um negócio a tratar numa repartição pública, levei comigo os últimos dois números do nosso apreciado jornal. Depois de ler por algum tempo, levantei-me, deixando ali os jornais. Passado um bom lapso de tempo, quis ver. o que acontecera. Quando cheguei à sala, um número do jornal já havia desaparecido; o outro estava nas mãos de uma moça que o lia atentamente. Digo-lhes com sinceridade: Daqui em diante farei o mesmo, em qualquer repartição, com os jornais que for recebendo. No restaurante, nos trens, nas salas de espera, irei deixando algum número do nosso querido jornal para fazer um pouco de propaganda católica. Depois lhe escreverei qual o resultado desta experiência’. Oh! que pena não haver muitas senhoras como esta!

2. O Papa, por ocasião de uma peregrinação lombarda de dez mil pessoas, fez importante alocução sobre o apostolado dos leigos. Disse-lhes entre outras coisas: “Uma vez de volta aos velhos lares, enriquecidos com os preciosos tesouros do Ano Santo, deveis tornar-vos melhores: não só mais piedosos, mais fervorosos na fé, mais dóceis para com a Igreja, mas, sobretudo, deveis ser apóstolos. O que a Igreja espera de vós é que sejais apóstolos pela palavra, pelo exemplo, pela coragem cristã. É precisamente o apostolado do bom exemplo, duma vida verdadeiramente cristã, nos pormenores de cada dia, que pode e deve ser realizado por vós, seja qual for a vossa posição social, seja qual for a vossa profissão”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário