Busca no Blog

18 de novembro de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 206

SE AINDA HOUVER LUGAR

Um florista recebeu ordem de confeccionar urna coroa para um funeral. Na fita deveria escrever: “Descansa em paz! Adeus!” Duas horas mais tarde, o florista recebe um telefonema: Queira acrescentar à inscrição da fita: “no céu”, se ainda houver lugar.
No dia seguinte, os convidados para o enterro, surpreendidos e maravilhados, podiam ler na fita: “Descansa em paz! adeus no céu, se ainda houver lugar!”
Esforcemo-nos, pois, por merecer o Céu; se assim o fizermos, certamente ainda haverá lá um lugar para nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário