Busca no Blog

1 de maio de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 101

ASSUNTO PARA MEDITAR

O padre Pedro Fabro, varão insigne da Companhia de Jesus, tinha granjeado fama de grande diretor de almas. Um dia procurou-o um cavalheiro e pediu-lhe algum assunto para meditar. O Padre respondeu:
— Meu filho, basta que faças o seguinte: Cada dia pensa por alguns instantes: Cristo em tanta pobreza, e eu vivendo em tamanha opulência! Cristo sofrendo fome e sede, e eu gozando de tantos banquetes! Cristo desnudo, e eu ricamente vestido! Cristo padecendo horríveis dores, e eu no meio de tantas delicias!
— Nada mais, Padre?
— Nada mais.
O cavalheiro retirou-se um pouco desiludido. Entretanto, poucos dias depois, convidado a um jantar, no meio dos manjares suculentos, dos vinhos capitosos e da música, no auge, enfim, da alegria, vem-lhe de repente o pensamento:
Cristo com fome e sede, e eu aqui a fartar-me e a embriagar-me como bruto... Saltaram-lhe as lágrimas dos olhos, levantou-se em silêncio e retirou-se para... um convento a fazer penitência.
Eu aqui... e Cristo na Cruz!
Se estiveres lendo uma novela, que sobre o céu claro de tua alma amontoa nuvens negras de paixões e imaginações perigosas, pensa: Cristo na Cruz, e eu!...
Quando estiveres mergulhado em teus negócios ou em conversas mundanas — sanguessugas chupadoras do sangue ou da honra do próximo, pensa: Eu a pecar.... e Cristo na Cruz!...
Se tens coração, se ainda te resta um pingo de fé, basta essa meditação para mudares de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário