Busca no Blog

15 de maio de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 108 a 110

AI DE QUEM É INFIEL A VOCAÇÃO!

A hagiografia religiosa oferece-nos exemplos salutares e impressionantes sobre este assunto.

1. Vivia na pequena Casa da Divina Providência nos tempos de S. José Cottolengo, uma religiosa, que, recobrada a saúde após uma enfermidade, resolveu voltar para sua família. Manifestou esse propósito ao P. Cottolengo, o qual ficou muito aflito e empregou toda a sua paternal bondade e eloquência para demover a infeliz de tal propósito. Mas nem as insinuações mais suaves, nem os conselhos mais persuasivos e argumentos mais convincentes, e nem mesmo as ameaças de castigos divinos conseguiram faze-la voltar atrás. A desgraçada fazia-se de surda a tudo e terminou por dizer que partiria de qualquer forma. Então o Santo, com semblante sério e ameaçador, disse-lhe com pesar e amargura: “Se queres absolutamente ir embora, eu não te posso segurar, mas lembra-te do que te digo: não passarão três meses e tu serás traspassada a fio de espada”.
Foi uma profecia. Três meses depois, o cadáver da infeliz foi encontrado todo retalhado e horrivelmente deformado bem perto da Pequena Casa. Fora vítima de sua leviandade, do ciúme de alguns militares e da falta de correspondência à graça da vocação religiosa.

2. Um jovem entrara no Instituto fundado por São Camilo de Lellis. Depois de alguns anos, cedendo à tentação do demônio, obstinara-se no propósito de abandonar o convento e voltar ao século. S. Camilo, tendo empregado tudo para segurá-lo na vocação e vendo baldados todos os seus esforços, predisse-lhe que teria um fim tristíssimo e morreria nas mãos da justiça. Nove anos mais tarde, aquele perjuro foi decapitado no meio da praça, em Nápoles.

3. Na vida de S. Afonso Rodriguez, jesuíta, lê-se que este grande servo de Deus se entregou às mais rudes penitencias e fervorosas orações para obter do céu que um noviço, seu comfrade, vencesse umas fortíssimas tentações que experimentava contra a vocação.
Nosso Senhor. revelara ao Santo que, se o noviço voltasse para o século, os demônios o lançariam no abismo da perdição eterna; e não somente a ele, mas também aos pais dele que empregavam toda sorte de estratagema para o fazer retornar à família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário