Busca no Blog

20 de março de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 76

COMO SABIAM ENTRETER-SE COM DEUS!...

Os Santos encontravam no trato com Deus todas as suas delicias. Assim :
S. Caetano empregava no exercício da oração oito horas por dia; S. Margarida, rainha da Escócia, e S. Estevão, rei da Hungria, quase toda a noite; S. Francisca Romana, todo o tempo que lhe sobrava de suas ocupações ordinárias; S. Rosa de Lima empregava na oração doze horas por dia.
S. Luis Gonzaga começou a entregar-se à oração desde a mais tenra idade e nunca deixava de orar duas a três horas por dia. Quando estava na corte, para não ser interrompido pelos companheiros, ia esconder-se no lenheiro para orar.
S. Maria Madalena de Pazzi, com nove anos apenas, fazia primeiro uma hora de oração, depois duas, quatro e até noites inteiras, enquanto vivia no mundo; depois que entrou no convento, dedicava à oração todo o tempo livre concedido ás religiosas.
S. João Berchmans, aos onze anos, empregava no trato com Deus todo o tempo que lhe sobrava dos estudos. Qualquer canto da casa servia-lhe de oratório, e várias vezes o surpreenderam, depois da meia-noite, orando de joelhos no chão nu.
Verdadeiramente maravilhosos estes Santos! Como sabiam aproveitar a graça da oração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário