Busca no Blog

3 de julho de 2021

Os Segredos de La Salette - 3

Nessa altura, a bela Senhora que me arrebatava, ficou um momento sem se fazer ouvir; entretanto eu via que ela continuava a mover graciosamente os seus amáveis lábios, como se falasse. Maximino recebia então o seu segredo.

Depois, dirigindo-se a mim, a Santíssima Virgem falou-me e deu-me um segredo em francês. Eis o segredo completo, tal como ela me deu:

"Melânia o que eu vou dizer agora, não será sempre segredo. Podeis publicá-lo em 1858.

"Os sacerdotes, ministros de meu Filho, os sacerdotes, por sua má vida, por suas irreverências e sua impiedade em celebrar os santos mistérios, por amor do dinheiro, das honras e dos prazeres, os sacerdotes tornaram-se cloacas de impureza. Sim, os padres pedem vingança, e esta está suspensa sobre as suas cabeças. Desgraçados dos padres e das pessoas consagradas a Deus, as quais, por suas infidelidades e sua má vida crucificam novamente o meu Filho! Os pecados das pessoas consagradas a Deus clamam ao Céu e chamam a vingança e ela está às suas portas, pois não se encontra ninguém para implorar misericórdia, e perdão para o povo; não há mais almas generosas não há mais ninguém digno de oferecer a Vítima sem mancha ao Pai Eterno em favor do mundo.

"Deus vai golpear dum modo sem precedentes.

"Ai dos habitantes da terra! Deus vai esgotar a sua cólera, e ninguém se poderá esquivar a tantos males reunidos.

"Os chefes, os guias do povo de Deus negligenciaram a oração e a penitência, e o demônio obscureceu as suas inteligências; tornaram-se estrelas errantes que o velho demônio arrastará com a sua cauda para fazê-los perecer. Deus permitirá à antiga serpente pôr divisões entre os governantes, em todas as sociedades e em todas as famílias; sofrer-se-ão penas físicas e morais; Deus abandonará os homens a si mesmos e enviará castigos que se sucederão durante mais de trinta e cinco anos.

"A sociedade está às vésperas dos mais terríveis flagelos e dos maiores acontecimentos; deve-se esperar ser governado por uma vara de ferro e beber o cálice da cólera de Deus.

"Que o Vigário de meu Filho, o Soberano Pontífice Pio IX, não saia mais de Roma depois do ano de 1859; mas que ele seja firme e generoso, que combata com as armas da fé e do amor: eu estarei com ele.

"Que ele desconfie de Napoleão; o coração deste é duplo, e quando quiser ser ao mesmo tempo Papa e imperador, logo Deus se afastará dele; ele é aquela águia que, desejando sempre se elevar, cairá sobre a espada da qual se queria servir para obrigar os povos a se fazer elevar.

"A Itália será punida por sua ambição, querendo sacudir o jugo do Senhor dos Senhores; também ela será entregue à guerra: o sangue correrá de todos os lados; as igrejas serão fechadas ou profanadas; os sacerdotes, os religiosos serão expulsos; os fará morrer, e morrer duma morte cruel. Muitos abandonarão a fé, e o número de sacerdotes e de religiosos que se separarão da verdadeira religião será grande; entre essas pessoas encontrar-se-ão até mesmo bispos.

"Que o Papa se mantenha alerta contra os autores de milagres, pois chegou o tempo em que os mais espantosos prodígios se farão sobre a terra e nos ares.

"No ano de 1864, Lúcifer, com um grande número de demônios serão soltos do inferno. Eles abolirão a fé pouco a pouco, mesmo nas pessoas consagradas a Deus. Os cegará duma tal maneira que, a não ser por uma graça especial, essas pessoas tomarão o espírito desses anjos maus. Muitas casas religiosas perderão inteiramente a fé e perderão muitas almas.

"Os maus livros se multiplicarão sobre a terra, e os espíritos das trevas espalharão por toda a parte um relaxamento universal por tudo o que respeita ao serviço de Deus; eles terão um poder muito grande sobre a natureza. Haverá igrejas para servir a esses espíritos. Pessoas serão transportadas dum lugar para outro por esses espíritos malignos e mesmo sacerdotes, porque estes não serão conduzidos pelo bom espírito do Evangelho que é um espírito de humildade, de caridade e de zelo pela glória de Deus. Far-se-á ressuscitar mortos e justos" (isto é, esses mortos tomarão a forma das almas justas que tinham vivido na terra, a fim de seduzir melhor os homens: esses auto-denominados mortos ressuscitados, que não serão outra coisa que o demônio debaixo dessas figuras, pregarão um outro Evangelho contrário ao do verdadeiro Jesus Cristo, negando a existência do céu e mesmo a das almas dos condenados. Todas essas almas parecerão como unidas a seus corpos). "Haverá em todos os lugares prodígios extraordinários, porque a verdadeira fé se extinguiu e a luz falsa ilumina o mundo. Desgraçados dos Príncipes da Igreja que não se ocuparão senão com amontoar riquezas sobre riquezas, salvaguardar a sua autoridade e dominar com orgulho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário