Busca no Blog

23 de abril de 2017

Tesouro de Exemplos - Parte 349

QUERIA JOGAR NA LOTERIA

Uma religiosa de Orvieto (Itália) pediu ao Beato Crispim de Viterbo, irmão leigo capuchinho, que lhe indicasse três números para ganhar na loteria.
— Vou indicar-lhe quatro, que são infalíveis — disse Frei Crispim. — Escreva-os, para não esquecê-los: Morte, Juízo, Inferno e Paraíso. Combine esses números e ganhará a sorte grande.
Dito isso, retirou-se. Para a religiosa, aquelas palavras foram como flechas que penetraram em seu coraçâo. Desde aquele dia, retirada à sua cela, viveu no recolhimento e na meditação. Frei Crispim, depois de algumas semanas, voltou ao convento, mandou chamar a religiosa e anunciou-lhe que logo ganharia a sorte grande, pois morreria daí a pouco tempo, e seria muito feliz, porque a sorte que a esperava era o Paraíso.
A religiosa comunicou a noticia a uma irmã sua, que, ao vê-la gozando de ótima saúde, não lhe deu crédito. Mas a profecia realizou-se pouco depois, morrendo a religiosa santamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário