Busca no Blog

24 de abril de 2017

Tesouro de Exemplos - Parte 350

CONTAVA O SANTO CURA D’ARS

Que dois soldados entraram numa igreja, quando um missionário pregava sobre o inferno. Ao saírem, um perguntou:
— Você crê tudo que o padre disse no sermão?
— Que esperança! Isso é uma arte muito velha de assustar a gente e arrecadar dinheiro.
— Pois eu creio no que ele disse — respondeu o primeiro — e como prova vou deixar a carreira militar e entrar para um convento.
— Pois vá para onde quiser. Eu continuarei como até agora.
Este soldado, dentro de pouco tempo, adoeceu gravemente e morreu. O companheiro, ao ter noticia da morte de seu amigo, pediu a Deus lhe fizesse conhecer a sorte que coubera ao outro na eternidade. Um dia apareceu-lhe o falecido e disse-lhe:
— Estou no inferno, condenado para sempre. Os pregadores não se enganam senão quanto as penas que se sofrem no inferno; eles não referem nem a mínima parte das mesmas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário