Busca no Blog

15 de agosto de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 163

PENSAR NA ALMA ANTES QUE NO CORPO

O general Luís Zanchi, o primeiro general que mereceu uma medalha de prata pelo valor militar, e que tomou parte em 39 combates durante a primeira grande guerra, morrendo, vítima do dever, deixou este nobilíssimo testamento: “Ordeno que, no meu enterro, não me ofereçam flores: pensem na minha alma, mais do que no meu corpo; faça-se, pois, um funeral modesto; mas, enquanto meu corpo estiver ainda em casa e durante o trajeto ao cemitério, sejam celebradas Missas em meu sufrágio”.
Sirva este exemplo às famílias que tão pouco pensam nas almas de seus caros defuntos, e menos ainda na própria. Infelizmente muitos julgam ter cumprido seu último dever de piedade acompanhando seus falecidos com numerosas e ricas coroas de flores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário