Busca no Blog

30 de maio de 2017

Retratos de Nossa Senhora, Juan Rey, S. J.

Nossa Senhora Menina

Parte 3/4

Que livro explica a mãe da Santíssima Virgem a sua filha?
A Bíblia Sagrada. O livro que contém a origem da humanidade e a história gloriosa do povo escolhido. A história pátria de Maria.
O livro que contém os preceitos de Deus: o catecismo dos hebreus. O livro que encerra as profecias do Messias; o relicário das esperanças de Israel.
A mãe lia as primeiras páginas daquele livro. Ali estava a origem das tribulações que afligiam a humanidade.
O demônio enganou a mulher. Ela foi quem primeiro provou o fruto proibido e quem introduziu a morte no mundo.
Por isso nos funerais a mulher hebreia ocupava o primeiro lugar.
Ao ouvir isto, o rosto da Santíssima Virgem cobria-se de tristeza.
A mãe continuava a ler. Porém haverá também uma mulher que esmagará a cabeça da serpente infernal.
O rosto da Virgem menina voltou a iluminar-se com luzes de alegria e de esperança e no íntimo da sua alma ela faz uma pergunta e eleva uma oração:
Quem será a ditosa mulher?
- Senhor, que apareça depressa na terra.
Outro dia a Virgem menina ouve dos lábios de sua mãe as histórias gloriosas das heroínas de Israel. As histórias de Jael, Dévora e Judit.
- A mulher é débil - diz sua mãe - porém Deus serve-se de instrumentos pequenos para realizar obras grandes.
O coração de Maria vibra de emoção e aprende e repete com entusiasmo os cânticos de Dévora e de Judit e da irmã de Moisés que tinha o seu mesmo nome: Miriam.
Ela, menina débil, ajudada por Deus, está disposta a realizar as mais difíceis empresas.
A menina Maria emocionaram sobretudo os salmos de David e Salomão.
Emocionavam-na porque aqueles reis eram seus antepassados; ela era da casa de David.
Emocionavam-na sobretudo porque aqueles salmos eram uma profecia do Messias e uma súplica pedindo a sua vinda e a libertação de Israel.
E ela que, com ciência infusa conhecia o estado das almas, repetia com fervor aquelas orações.
"Tu, senhor, o juraste a David".
"Ditosos os que viverem no tempo do Messias".
A mãe de Maria fechava o livro e pegava na cesta do trabalho.
A filha sentava-se ao lado da mãe e as duas começavam a trabalhar. enquanto fiavam e teciam os vestidos, a mãe explicava à sua filha as virtudes da mulher forte, como Deus a descreve na Escritura.
Ela tece os vestidos próprios e os de seu marido e filhos, e até mesmo os dos criados. Em sua casa ninguém tem que temer o frio e a neve do inverno.
E no entanto sobra tempo à mulher forte para tecer tecidos finíssimos e vendê-los aos mercadores e assim aumentar o rendimento da sua casa.
enquanto a mãe e a filha trabalham, chegam aos seus ouvidos os lamentos contínuos dos doentes que esperam junto da fonte a descida do anjo que os cure.
E à menina Maria aqueles lamentos parecem-lhe os de todas as almas que esperam a vinda do Messias para que lhes cure as chagas do pecado.
E no fundo do seu coração continua repetindo os salmos de David, para que Deus cumpra depressa a sua promessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário