Busca no Blog

27 de outubro de 2013

Pensamentos esclhidos do Cura d'Ars.

 XIX - Jesus no tabernáculo  espera-nos.

Nosso Senhor esta ali escondido, esperando que o vamos visitar e dirigir-lhe os nossos pedidos. Esta no sacramento de seu amor a suspirar e a interceder incessantemente junto a seu Pai pelos pecadores. Esta ali para consolar-nos; por isto devemos visitá-lo muitas vezes. Quanto um pequeno quarto de hora que roubamos  às nossas ocupações, a algumas inutilidades, para ir rezar-lhe, visitá-lo, consolá-lo de todas as injúrias que ele recebe, quanto esse quarto de hora lhe é agradável ! Quando ele vê virem com solicitude as almas puras, sorri-lhes... E que felicidade não sentimos na presença de Deus, quando nos achamos só a seus pés, diante dos santos tabernáculos !...
Atentai, meus filhos, quando acordardes de noite, transportai-vos em espírito para diante do tabernáculo, e dizei a Nosso Senhor: "Meu Deus, eis-me aqui! venho adorar-vos, amar-vos, fazer-vos companhia com os anjos !...
Se amássemos a Nosso Senhor, teríamos sempre diante dos olhos do espírito esse tabernáculo dourado, essa casa do bom Deus. Quando estamos em caminho e avistamos um campanário, esta vista deve fazer-nos pulsar o coração; não deveríamos poder despregar dele os nossos olhares.
Ah ! se tivéssemos os olhos dos anjos, vendo Nosso Senhor Jesus Cristo que esta ali presente, naquele altar, e que nos olha, como o haveríamos de amar ! não quereríamos mais separar-nos dele; quereríamos sempre ficar a seus pés: seria um antegozo do céu; tudo o mais se tornaria insípido. Mas...é a fé que falta.
Quando estivermos diante do Santíssimo Sacramento, em vez de olharmos em redor de nós, fechemos os olhos e abramos o coração; o bom Deus abrirá o seu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário