Busca no Blog

21 de outubro de 2021

Teresa de Los Andes - Deus, Alegria Infinita - Diário e Cartas

A MORTE NÃO É ASSUSTADORA

Quantas vezes penso no que é a morte para os que vivem no mundo. Parece-lhes terrível aquele momento em que tudo se conclui.
Para uma carmelita a morte não tem nada de assustador. Vai viver a vida verdadeira. Vai cair nos braços daquele que amou aqui na terra sobre todas as coisas. Vai submergir eternamente no amor (29-9-1919) .
Quando será o dia feliz em que, a morte tendo rompido as cadeias do pecado em que nossa alma vive, nós possamos dizer a nosso Deus: "Já não te ofenderemos mais e ninguém nem nada poderá nos separar de ti?"
Às vezes, sinto o peso desta vida miserável; quisera ver-me livre das misérias da carne. Porém depois olho o tabernáculo, e ao ver que Jesus vive e viverá ali até o fim dos séculos em contínua agonia e abandono, sinto desejo de transformar-me em sua companheira do desterro ao qual se submeteu por nosso amor.
Então, digo-lhe com Sta. Maria Madalena de Pazzi: "Padecer e não morrer" (13-6-1919).

JESUS ME ENAMOROU

Faltam-me 12 dias para minha tomada de hábito. Parece-me que ainda ontem era uma criancinha pequena e agora serei religiosa.
Tenho ânsias de receber esse hábito, porém por outro lado tremo ante a responsabilidade que terei. Pobre de mim se minha alma não tiver o espírito de sacrifício e abnegação! Temo não corresponder devidamente ao chamado de Deus. Contudo, Jesus e a Santíssima Virgem me auxiliam a todo momento. Não imaginas como sinto sua proteção.
Se, por um momento, pudesse fazer-te compreender a vida de união e intimidade com Jesus que dia a dia aumenta em minha alma, tu deixarias tudo. Esse Jesus não quer que exista ninguém entre ele e eu, e, manifestando-se à minha alma, a enamorou de tal forma que só nele posso encontrar repouso. Tu, irmãzinha querida, por muito que penses, não poderás adivinhar jamais essa torrente divina em que ele me submerge. Acredita que sinto fastio por tudo que não é ele ou não se refere a ele. Oh! se soubesses
como o amo! É meu Deus, meu Pai, Mãe, Irmão, Esposo e meu Jesus.
Gostaria muito que me fizesses um presentinho para minha tomada de hábito. Pede dinheiro ao meu papai e compra-me um bom despertador porque são muito ruins os que temos, e param durante a noite (4-10-1919).

Nenhum comentário:

Postar um comentário