Busca no Blog

23 de dezembro de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 231

VISITAR O SANTÍSSIMO SACRAMENTO

O P. Adolfo Petit, que morreu não faz muitos anos em odor de santidade, gostava de entreter-se com Jesus no tabernáculo. Muitas vezes viram-no ir à capela, levando na mão uma carta que acabava de receber e que ia ler ao seu divino conselheiro e perguntar-lhe o que convinha responder.
Nunca saía de casa, sem ter antes pedido a bênção de Nosso Senhor na capela; e ao regressar, antes de ir para o seu aposento, tornava a saudar a Jesus sacramentado.
Uma tarde, voltando de uma viagem, disse-lhe o Irmão porteiro que alguém o esperava na sala de visitas. O P. Petit dirige então para a capela um olhar cheio de amor; e o Irmão ouve como ele diz baixinho: “Desculpai-me, Senhor, não demorarei muito”.
Outra vez na residência de Bruxelas, após um dia de calor, regressava morto de fadiga e molhado da chuva e, ao passar pela capela, na penumbra, crendo que estava só, disse à meia-voz: “Bem vedes, Senhor, em que estado me encontro. Permiti-me que vá primeiro ao meu aposento; voltarei neste instante”. Dali a pouco voltava pressuroso para adorar Nosso Senhor.. Até de noite, se tinha ocasião, ia com gosto visitar a Jesus. Assim, quando pregava retiro no seminário de Gante, informou-se se fechavam de noite a capela. “Não tenha receio — disse o superior — as Sagradas Espécies estão bem seguras”. “Oh! não é por. isso — replicou o P. Petit — é que, quando não durmo, gosto de ir visitar o SS. Sacramento”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário