Busca no Blog

10 de dezembro de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 222

“A SOCIEDADE DA ALEGRIA”

S. João Bosco, durante os anos de ginásio, ganhou as simpatias de todos os colegas, ajudando-os em tudo que podia e resolvendo-lhes as dificuldades. Acudiam a ele para os estados, para as tarefas, para ouvirem historinhas e para se divertirem. Essas reuniões eram frequentes, e batizaram-nas com o expressivo nome de “Sociedade da Alegria”. Cada um se comprometeu a procurar livros, conversares e divertimentos que, contribuindo para a alegria, não fossem contrários á lei de Deus. João, colocado à frente da Sociedade, estabeleceu como bases: — Evitar o pecado, isto é, toda conversa ou ação indigna do cristão. — Cumprir com exatidão os deveres de piedade e de estudo. — Nos dias de preceito ouvir a santa missa e, à tarde, assistir ao catecismo. — Durante a semana reunir-se alguma vez para falar de assuntos religiosos.
A Sociedade da Alegria deu frutos excelentes. Que belos frutos não produziria, também entre nós, uma semelhante sociedade? Oh! quantos proveitos para a alma e para a inteligência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário