Busca no Blog

18 de dezembro de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 227

BISMARCK E O DIABO

Conta um jornal católico alemão que, um dia, o Chanceler de Ferro passeava no parque de Potsdam, quando de repente foi cumprimentado por um desconhecido, que falava com distinção e elegância. A conversa recaiu sobre as Ordens e Congregações Religiosas, que Bismarck estava perseguindo e exilando. A certa altura o Chanceler exclamou com satisfação:
— Mais alguns dias e não existirá nem uma Congregação, ouviu? nem uma só!
— O senhor é mais poderoso do que eu — replicou o desconhecido. — Há dezenove séculos que eu me esforço por suprimi-las e nada consegui até hoje.
Bismarck, o poderoso inimigo da Igreja, admirado, perguntou:
— Mas quem é o senhor?
— Eu? eu sou o... diabo.
— O diabo?... e Bismarck tremia... Mas o elegante desconhecido, que acabava de dizer quem era, desaparecerá.
Bismarck era uma vez!... E as Congregações continuam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário