Busca no Blog

26 de fevereiro de 2021

 THESOURO DE PACIÊNCIA

TERCEIRO PASSO

DOS AÇOITES DO SENHOR

MEDITAÇÃO I

Vendo Pilatos a sanha dos judeus contra o Senhor, e conhecendo a sua total inocência, quis, sem lhe tirar vida satisfazer á paixão de seus inimigos, e mandou-o açoitar cruelmente. Executaram a sentença seis verdugos, com tanta impiedade, quanta se  pode crer de quem o desejava ver morto. Varas cheias de espinhos, correias com rosetas nas pontas, e cadeias de ferro, foram os instrumentos daquele martírio. Julgue o cristão quão lamentável seria o estado em que ficou o delicado corpo do Redentor. Considera- te tu também, ó alma aflita, considera-te amarrada também a outra coluna no mesmo pátio de Pilatos e defronte de Jesus Cristo: imagina que os açoites, que sobre ti se descarregam, são esses trabalhos que padeces: olha para ti e olha para o teu Deus, e então queixa-te, se podes, de que padeces muito: vê a sua paciência, o sofrimento com tormento tão cruel, tão injurioso, tão continuado e tão injusto, e observa como está mudo: louva a sua infinita paciência, e tira daqui, por fruto, o calar-te humildemente, por mais que neste mundo padeças. Bem vês que, padecendo Deus tanto por amor de ti, à vista disso não deves ter boca para te queixar desse pouco, que por vontade sua padeces.

. JACULATORIA - 

Meu Jesus, e quanto mais cruéis foram os vossos açoites, que os meus!


Nenhum comentário:

Postar um comentário