Busca no Blog

7 de julho de 2017

Tesouro de Exemplos - Parte 377

EU PADEÇO EM MEUS SANTOS!

Vítor era um distinto militar, nobre, valoroso e cheio de fé. O imperador Maximiano empregou a bondade e o terror para o fazer sacrificar aos deuses, mas o Santo não se rendeu nem se deixou intimidar. O imperador ordenou que Vítor fosse amarrado e arrastado pelas ruas e depois cruelmente atormentado num cavalete. O Santo não cessava de pedir a Nosso Senhor que lhe desse paciência e coragem. Apareceu-lhe então Jesus Cristo com a cruz as costas e disse-lhe:
— A paz seja contigo. Eu sou Jesus, que padeço em meus santos. Tem coragem! Eu te sustentarei no combate e te recompensarei depois da vitória. Os algozes cortaram-lhe os pés e trituraram-no sob a roda de um moinho e, como ainda respirasse cortaram-lhe também a cabeça. Nesse instante ouviu-se distintamente uma voz que dizia:
— Vítor, tu venceste!

Nenhum comentário:

Postar um comentário