28 de junho de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 139

O PRANTO DE JESUS

Jesus chorou três vezes, durante a sua vida. A primeira vez chorou junto à sepultura de Lázaro (Jo 11, 35); e aquelas lágrimas eram silenciosas e denotavam amizade.
A segunda vez chorou sobre Jerusalém, a cidade deicida: e eram lágrimas de verdadeiro e sentido patriotismo, lágrimas provocadas pela grande dor que Jesus experimentava ao pensar no extermínio daquela cidade santa (Lc 19, 41).
A terceira vez chorou Jesus, no Calvário, ao considerar a triste sorte da humanidade pecadora (Heb 5, 7).
E tu, minha alma, não choras nem os teus nem os alheios pecados?!

2 comentários:

  1. Onde se lê Le 19,41, leia-se Lc 19,41.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Edson Aguiar, Salve Maria!
    Obrigado, corrigimos o texto.
    Administração do Blog São Pio V

    ResponderExcluir