Busca no Blog

10 de janeiro de 2016

Tesouro de Exemplos - Parte 42

O MATERIALISMO HODIERNO

A geração atual, desprezando os valores do espirito, nenhum interesse mostra pela civilização ou pela cultura. O culto exagerado do corpo manifesta por demais os eczemas da alma. O resultado é o seguinte:
A geração hodierna vê que os jornais dedicam páginas inteiras aos desportos, e algumas linhas aos progressos científicos e aos assuntos religiosos. Por esses jornais (e são eles os culpados!) vê-se como um futebolista, um campeão de boxe, um astro ou estrela de cinema absorvem por completo a atenção mundial. Há sábios trabalhando no silêncio de seus gabinetes e ninguém por eles se interessa. Perguntai aos rapazes de hoje onde fica Atenas ou Sidney, Dublin ou Granada, e responderão com indiferença: não sei! Perguntai-lhes, porém, onde está Hollywood, e seus olhos brilharão de entusiasmo. Perguntai ao ginasiano quem era Miguel Angelo, Pasteur, Marconi, não sabe; perguntai-lhes quem era Greta Garbo, Pola Negri, Rodolfo Valentino, e saberão até o dia em que morreram esses tais. Não sabem a distância que percorre a luz num segundo, mas sabem à maravilha o recorde de natação da última Olimpíada. Não sabem nem aproximadamente a posição ou a altura do Everest, mas sabem com exatidão os recordes dos saltadores. Não saberão dizer quantos Presidentes governaram o Brasil, mas dirão os nomes e a cor dos craques, do Palmeiras ou da Portuguesa.
Deixemos, por enquanto, a apreciação dos conhecimentos religiosos da geração que cresce, porque o ensino religioso nas escolas está mesmo em embrião.
Que será, meu Deus, desta geração materializada e sem ideal algum superior?

Nenhum comentário:

Postar um comentário