Busca no Blog

19 de dezembro de 2020

THESOURO DE PACIÊNCIA

PRIMEIRO PASSO


 DA ORAÇÃO NO HORTO


MEDITAÇÃO 1 

Considera, alma atribulada, que vês a Jesus Cristo debaixo de umas tristes e sombrias oliveiras: lá está de joelhos, mãos erguidas, rosto aflito e o animo cheio de amargura, de tristeza e de uma mortal agonia: repara que está só; mas não te admires desta solidão e desamparo, porque tu boa experiência tens do mundo, e bem sabes que todos querem acompanhar a .Jesus Cristo no monte Tabor; isto é, nas felicidades e glorias desta vida, e muitos poucos o desejam acompanhar no Olivete; quero dizer, nas tristezas, aflições e agonias. Tu, pois, se dele te compadeces, faze-lhe companhia, e não queiras desamparar o teu Senhor aflito. Mas adverte bem, que a Jesus, assim triste e desconsolado, não acompanha bem urna alma, quando está muito alegre e contente com as prosperidades do mundo: só umas lágri­mas fazem boa companhia a outras lágrimas, e uma aflição a outra. Portanto, se te vês, como Jesus Cristo, cheio de tristeza e de amargura, consola-te, que assim acompanhas bem a teu Senhor na oração do Horto. Ele estima sumamente a tua companhia, pois bem conhece que, acompanha-lo nas glorias, pode ser interesse; mas, acompanha-lo nas aflições, é puro amor. Dize-lhe, no meio de tuas penas: Aqui me tendes, meu  Deus; aqui me tendes: antes triste convosco, que alegre com o mundo. Repete isto muitas vezes na tua alma; e, quando o coração for vacilando, lança mão desta jaculatória, e repete-a com muita força, que Deus algum dia te dirá: Filho meu, já que me acompanhaste nas penas, vem acompanhar-me na glória.

JACULATORIA.

Meu Deus, aflito por meu amor, sinceramente vos digo, que antes quero viver triste convosco, do que alegre sem Vós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário