Busca no Blog

3 de dezembro de 2020

Milagres de Santo Antônio, durante a sua vida mortal - Primeira Parte - Capítulo IV

Como em terras de Itália os hereges convidaram Santo Antônio para comer

Aconteceu uma vez, em terras de Itália, os hereges convidarem a Santo Antônio para comer. E o Santo, a ver se os podia tirar do erro, aceitou o convite, a exemplo de Jesus Cristo que por essa mesma razão comia com publicanos e pecadores.

E porque sempre engendra maldades a consciência perversa, aqueles hereges a quem Santo Antônio amiúde confundia nas disputas e sermões, à mesa puseram-lhe diante manjar de morte e venenoso. A qual perfídia logo o Espírito Santo revelou a Santo Antônio.

E como ele com piedosas e pacíficas admoestações os repreendesse da maldade que haviam tramado, os hereges, mentindo, a remedar o demônio pai da mentira, responderam que não para outra coisa assim haviam feito senão para provarem com a experiência a verdade do Evangelho que diz: “E se beberem algum veneno de morte, nem por isso haverão dano”. E, pois assim era, comesse ele do manjar que fora servido. Caso não lhe fizesse dano, prometiam converter-se para sempre à Fé do Evangelho. Mas se mostrasse medo de comer do manjar, então mais se firmavam na sua crença de que nas palavras do Evangelho se contêm falsidades.

Santo Antônio fez o sinal da Cruz sobre o manjar envenenado, e tomando dele por suas mãos sem nenhum temor, disse:

— “Pois vou comer; não para tentar a Deus, mas para que tenhais Fé no Evangelho”.

E depois que comeu daquele manjar, ficou são e não sentiu em seu corpo algum incômodo. O que, vendo os hereges, se converteram à Fé católica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário