Busca no Blog

9 de fevereiro de 2017

Tesouro de Exemplos - Parte 279

PERDOAR AS INJÚRIAS

S. Afonso Maria de Ligório soube que alguns de sua Congregação não queriam dar esmola a uma mulher que muito os havia ofendido e molestado. Escreveu-lhes imediatamente: “Quero que lhe deem tudo quanto pedir; mormente porque foi nossa inimiga”.
E ao reitor. de uma de suas casas que lhe referiu uma injustiça, que lhe fizera a gente daquela terra, respondeu: “Como? Isto vos fizeram? Convém pensar em vingar-vos. Mas de que modo? Deste: abri mais as mãos para as esmolas que se fazem à porta do convento; ficai no confessionário mais tempo; visitai e socorre os enfermos; nunca vos queixeis do agravo que vos fizerem: esta seja a vossa vingança”.
E o que aconselhava aos outros, era ele o primeiro a praticar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário