Busca no Blog

18 de fevereiro de 2017

Dom Columba Marmion - Jesus Cristo nos seus mistérios.

XI

 VIDA PÚBLICA DE JESUS 
(Tempo da Quaresma) 

Se quiséssemos, diz o Apóstolo S. João no fim do seu Evangelho, contar minuciosamente muitas outras coisas que Jesus fez, creio que nem o mundo inteiro poderia conter os livros que seria preciso escrever.
 No momento de principiarmos a contemplar a vida pública de Jesus, devemos ter o mesmo pensamento. Se quiséssemos comentar por miúdo cada uma das Suas palavras, considerar cada um dos Seus gestos, explicar cada um dos Seus atos, não bastaria toda a nossa existência. 
Esta contemplação seria, sem dúvida, uma ocupação muito do agrado das nossas almas. Não podendo deter-nos em cada página do Evangelho, vamos ver, neste período da vida do Salvador, apenas alguns traços característicos, o bastante para admirar até que ponto brilha a sabedoria e a misericórdia eterna nos mistérios da Incarnação e da Redenção.
 Vamos ver primeiramente de que modo N. S. Jesus Cristo proclama e estabelece a Divindade da Sua missão e da Sua pessoa, com o fim de fundamentar a nossa fé. Contemplaremos em seguida com que incansável condescendência da Sua Humanidade para com a miséria, sob todas as suas formas, revela ao mundo a imensidade e as riquezas da bondade infinita. Esta revelação receberá, por contraste, todo o seu brilho, se considerarmos o procedimento, todo impregnado de justiça, de Nosso Senhor para com o orgulho dos fariseus.
 São estes, entre muitos outros, três aspectos da vida pública de Jesus, em que as nossas almas poderão fixar a sua atenção para daí colher graças de luz e princípios de vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário