Busca no Blog

22 de janeiro de 2018

Retratos de Nossa Senhora, Juan Rey, S. J.,

RETRATOS DE NOSSA SENHORA

Nossa Senhora Virgem-Mãe

Parte 1/9

Que linda é uma árvore de fruta, rescendente de flores na primavera!
E que linda é essa árvore carregada de frutos no outono!
Porém a flor teve de murchar para aparecer o fruto. Que belo seria, se pudesse existir simultaneamente a flor e o fruto!
Há uma árvore que nos oferece essa vista maravilhosa.
A laranjeira, em algumas épocas do ano apresenta o fruto dourado entre as flores brancas.
Que espetáculo tão formoso é o de uma alma virgem vestida de branco, de joelhos ante o altar!
E que espetáculo tão belo também o de uma mãe com seu filho pequenino nos braços!
Porém a flor da virgindade teve de murchar para aparecer o fruto da maternidade. Se pudesse existir juntamente a virgindade e a maternidade!
Se pudesse existir uma mãe virgem! Para um incrédulo, para um herege, essa proposição é absurda.
Essas duas palavras - mãe e virgem - não podem aplicar-se juntamente a uma pessoa.
A maternidade exclui a virgindade. No entanto nós, católicos, sabemos que esse milagre existiu.
Houve uma mulher, única no mundo, que reuniu em si os encantos da virgindade e da maternidade.
Maria com o Menino Jesus nos braços, eis uma Mãe Virgem.
Podemos pois fazer o retrato de Maria Mãe, ainda que tenhamos feito o de Maria Virgem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário