Busca no Blog

6 de janeiro de 2019

Tesouro de Exemplos - Parte 571

CONTRARIAR A VOCAÇÃO DOS FILHOS

1. Algum tempo antes da Revolução Francesa (1789), um jovem foi apresentar-se ao guardião de um convento de Capuchinhos, e pediu que lhe provasse a vocação. O religioso encontrou no jovem certas condições requeridas para o estado de perfeição, deu-lhe uma carta para determinado convento, onde poderia ser admitido ao noviciado. A família, porém, e os parentes do jovem tanto fizeram que o desviaram do propósito. Em vez de ir para o convento, o moço seguiu para Paris, onde estudou e se formou advogado. Como se chamava aquele jovem? Aquele jovem era Maximiliano Robespierre (1758-1794), que foi um dos homens mais sanguinários daqueles tempos e que, por fim, terminou seus dias no patíbulo.
2. Em Tudela, na Espanha, um homem riquíssimo tinha um filho, ao qual queria constituir único herdeiro de seus bens. Entretanto, sentindo-se chamado ao estado religioso, o moço duas vezes entrou no convento e duas vezes, contra a sua vontade, foi dali retirado pelo pai, que, afinal, conseguiu persuadi-lo a se casar. O filho quis escolher uma esposa, mas o pai impôs-lhe outra, o que foi causa de sérias desinteligências entre os dois. Um dia, após uma violenta discussão, o filho matou o próprio pai e, em seguida, foi condenado a forca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário