Busca no Blog

2 de janeiro de 2019

Tesouro de Exemplos - Parte 569

FIZERA VOTO DE VIRGINDADE

Bernardo de Mentón era filho único de uma família nobre da Sabóia. Enviado a Paris, fez ali não somente brilhantes estudos como também o voto de virgindade perpétua. Apenas regressara a Mentón, o barão seu pai fez tudo para que aceitasse a mão de Margarida de Miolans, obrigando-o a noivar-se com ela. Chegado o dia das núpcias, Bernardo, sem que o percebam, foge de casa e vai para o vale de Aosta, onde se reúne ao arquidiácono Pedro de Aosta. Chegou a ser arquidiácono e fundou o famoso convento do grande S. Bernardo (982). A fama de sua santidade espalhou-se e chegou até Mentón. Os país, sem saber, que se tratava do próprio filho, vão pedir-lhe noticias do desaparecido havia 26 anos. Bernardo recebe-os com sua costumada bondade e reconhece-os, mas disfarça a sua emoção. Somente na hora da despedida, debulhado em lágrimas, exclama: “Sou eu o vosso filho”, e abraça afetuosamente o pai e a mãe, que, no auge da felicidade, nada mais tem a desejar sobre a terra... Entretanto, também Margarida de Miolans se fizera religiosa num convento do Delfinado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário