Busca no Blog

3 de novembro de 2021

Teresa de Los Andes - Deus, Alegria Infinita - Diário e Cartas

CARINHOS E MIMOS

É curioso que as palavras "carinhos e mimos, tenham sido as últimas que escreveu aquela que foi de caráter tão afetuoso e amou tanto o Senhor, aos seus e a toda a humanidade. No dia 6 de abril de 1920, impedindo a gravidade de sua doença que a tirassem da enfermaria, escreveu à sua mãe:
Minha mãezinha querida:
Apesar de que não terei o gosto de ir ao locutório, daqui da minha caminha vamos conversar porque . . .
Não pôde terminar a frase. Um pouco mais tarde escreveu em outro papel:
Mãezinha apesar de não ir ao locutório, não necessito dizer-lhe quanto gostaria de vê-la; porém nossa madre e irmãzinhas me cumulam de carinhos e mimos . . .

Nenhum comentário:

Postar um comentário