Busca no Blog

18 de fevereiro de 2018

Tesouro de Exemplos - Parte 453 a 455

GRATIDÃO PELO SANTO BATISMO

1. S. Francisco Solano, na idade de trinta anos, sendo já religioso franciscano, foi um dia visitar, a terra natal! Logo que entrou na igreja paroquial de São Tiago, na qual recebera o santo batismo, foi direto à pia batismal e ajoelhado no chão com a fronte apoiada sobre a pedra, rezou em voz alta o Credo, que seus padrinhos tinham rezado ali mesmo, quando ele foi batizado.

2. S. Vicente Ferrer celebrava todos os anos, até à sua morte, o aniversário de seu batismo. Nesse dia mandava celebrar uma Missa de ação de graças na capela da igreja de Santo Estevão de Valência, onde recebera, quando criancinha, a graça do santo batismo.
 
3. S. Luís, rei de Franca, estando um dia em Poissy, disse à comitiva que ali, justamente, lhe concederá Deus a maior felicidade e a mais alta dignidade. Admirados os que o ouviam, julgaram que confundia Poissy com Reims, onde fora ungido e coroado rei de Franca. S. Luís respondeu-lhes que não havia engano, pois ali recebera a graça do santo batismo, muito superior a todas as honras e dignidades do mundo e a todos os bens terrenos. Quando algum de seus filhos acabava de ser batizado, beijava-o e dizia: “Antes eras filho meu; agora és filho de Deus”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário