Busca no Blog

28 de dezembro de 2015

Tesouro de Exemplos - Parte 30

A CAÇA DO PARAÍSO

O eremita S. Macedônio foi um dia surpreendido, na sua solidão, por um príncipe que; com um séquito numeroso, andava caçando na floresta vizinha.
— Que fazeis aqui nesta solidão, neste deserto? perguntou o príncipe ao eremita.
— Permiti-me — replicou o eremita — que vos pergunte primeiro: Que fazeis vós aqui?
— Como vedes, eu vim á caça.— E eu também, disse o eremita, eu também vim á caça. O que eu procuro, porém, é um bem eterno: ando á caça do Paraíso.
O príncipe despediu-se e partiu, meditando seriamente naquelas estranhas palavras do santo eremita: “ando á caça do Paraíso”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário