Busca no Blog

25 de fevereiro de 2019

Carta Aberta aos Católicos Perplexos - Mons. Marcel Lefebvre - Parte 1

“A ordem social cristã se situa no oposto das teorias marxistas que jamais causaram, em todas as partes do mundo onde foram postas em prática, senão a miséria, o esmagamento dos mais fracos, o desprezo do homem e a morte...”

“Esta ordem cristã se distingue, com toda a certeza também, dos regimes liberais fundados na separação da Igreja e do Estado e cuja impotência em superar as crises se afirma cada vez mais. Como o poderiam após estarem voluntariamente privados d'Aquele que é a luz dos homens? Como poderiam reunir as energias dos cidadãos, uma vez que não têm mais outro ideal a propor-lhes, senão o bem estar e o conforto? Eles puderam entreter a ilusão durante certo tempo porque os povos conservavam hábitos de pensamento cristãos e seus dirigentes mantinham mais ou menos conscientemente alguns valores."

“Na época das “reconsiderações”, as referências implícitas à vontade de Deus desaparecem; os sistemas liberais abandonados a si mesmos não sendo mais acionados por alguma ideia superior, extenuam-se, tornando-se uma presa fácil para as ideologias subversivas. Há vinte anos, o liberalismo conquistou também a Igreja e é por isso que os católicos estão perplexos. Nova missa, nova teologia dos sacramentos, novo catecismo, novo direito canônico... É uma nova religião que se instala?”

Dom Lefebvre responde a esta pergunta com uma lógica impecável apoiando-se no ensinamento constante da Igreja que não pertence ao passado e que não é perecível pois: “não há aqui nem passado, nem presente, nem futuro, a Verdade é de todos os tempos, ela é eterna."

Nenhum comentário:

Postar um comentário