Busca no Blog

13 de novembro de 2020

Indiferente às Coisas da Terra - Santa Teresinha

Se soubesse o quanto sou indiferente às coisas da terra! Que me importam todas as belezas criadas? Seria muito infeliz possuindo-as, o meu coração sentir-se-ia tão vazio!... É incrível como o meu coração me parece grande quando considero os bens deste mundo, por quanto todos reunidos não o poderiam contentar; quando, porém, considero Jesus, como me parece pequenino!...

Quereria tanto amá-lo... Amá-lo como jamais foi amado!... O meu único desejo é fazer sempre a vontade de Jesus, enxugar as lágrimas que os pecadores lhe fazem derramar... Oh! eu não quero que Jesus sofra no dia dos meus desposórios, queria converter todos os pecadores da terra e salvar todas as almas do purgatório!

Nenhum comentário:

Postar um comentário