Busca no Blog

25 de novembro de 2019

A ALMA DE TODO APOSTOLADO

J. B. Chautard

Parte 4/4

A muitas safiras, prefere o  joalheiro o mínimo fragmento de diamante. Da mesma forma, consoante a ordem estabelecida por Deus, a nossa intimidade com ele muito mais o glorifica do que todo o bem possível proporcionado por nós a grande número de almas, mas com prejuízo de nosso progresso. Nosso Pai celeste, que mais se aplica ao governo do coração onde reina, do que ao governo natural de todo o universo e ao governo civil de todos os impérios, exige em nosso zelo essa harmonia. E, se vê que qualquer obra serve de obstáculo ao aumento da caridade na alma que dela se ocupa, prefere , as vezes, deixar desaparecer essa obra.
Pelo contrário, Satanás, por seu turno, não hesita em favorecer êxitos inteiramente superficiais, caso possa, mediante desse resultado, impedir que o apóstolo progrida na vida interior, tanto sua raiva adivinha onde estão os verdadeiros tesouros aos olhos de Jesus Cristo. Para suprimir um diamante, de bom grado ele concede algumas safiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário