Busca no Blog

3 de março de 2020

Brinquedozinho sem Valor - Santa Teresinha

Querida irmãzinha, não me enganei e Jesus contentou-se só com os meus desejos, com o meu total abandono; ele dignou-se unir-me a ele (pelos votos) mais cedo do que eu ousava esperar... "Recordas-te, talvez, que outrora eu gostava de me chamar o brinquedinho de Jesus". Ainda agora sinto-me feliz sê-lo, só que penso que o Menino Jesus tinha muitas outras almas, cheias de virtudes sublimes que se diziam "seus brinquedos"; considerei, pois, que elas eram os seus belos brinquedos e que a minha pobre alma era apenas um brinquedozinho sem valor. Para consolar-me, disse para comigo mesma que muitas vezes as crianças têm mais alegria com os pequeninos brinquedos sem valor, que podem deixar ou tomar, quebrar ou beijar, segundo a sua fantasia, do que com outros mais valiosos nos quais não usam tocar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário