Busca no Blog

7 de maio de 2019

A .Alma de Todo Apostolado, J. B. Chautard,

A ALMA DE TODO APOSTOLADO.

J. B. Chautard

Sexta Verdade

6/11

Sem o emprego fiel de certos meios, a minha inteligência há de obcecar-se e a minha vontade tornar-se mui fraca para cooperar com Jesus no aumento e na conservação da sua vida em mim. Desde logo, diminuição progressiva dessa vida e marcha para a tibieza de vontade. Por dissipação, covardia, ilusão, cegueira, eu pactuo então com o pecado venial. Portanto, insegurança para a minha salvação, porque disposição fácil para o pecado mortal.
Se por desgraça viesse a cair nesta tibieza (e a fortiori se ainda estivesse mais baixo), deveria tentar tudo para dela sair:
a - Reavivar meu temor de Deus, pondo-me de maneira decidida em presença do meu fim, da morte, dos juízos de Deus, do inferno, da eternidade, do pecado, etc.
b - Fazer reviver a minha compunção de amor pelo conhecimento das vossas chagas, ó misericordioso Redentor. Em espírito, no Calvário, eu me prostrarei a vossos pés sacratíssimos, a fim de que o vosso sangue vivo, correndo por minha cabeça e pelo coração, dissipe minha cegueira, derreta o gelo de minha alma e galvanize o entorpecimento de minha vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário