Busca no Blog

6 de setembro de 2020

Abandonar a Túnica - Santa Teresinha

Abandonar a túnica, ao que me parece, é renunciar seus últimos direitos, é considerar-se como a serva, a escrava das outras. Quando deixamos a capa, é mais fácil caminhar, correr, por isso Jesus acrescenta: "E se alguém vos obrigar a dar mil passos, andai com ele outros dois mil". Assim, não basta dar a quem quer que mo peça. Preciso ir ao encontro dos seus desejos, e se tomam alguma coisa de meu uso, não devo mostrar-me aborrecida, mas alegrar-me por ver-me livre dela. Minha Madre querida, como estou longe de praticar o que compreendo! Entretanto, só o desejo que tenho dá-me a paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário