Busca no Blog

22 de setembro de 2020

Afastou-se Vendo que Não se Achava Diante de uma Inimiga - Santa Teresinha

Um dia em que visitávamos um convento de Carmelitas, não me contentei de acompanhar os peregrinos pelas galerias exteriores, penetrei no claustro interior... De repente, vi um bom velho carmelita a dar-me sinal, para que me retirasse. Entretanto, em lugar de ir-me embora, cheguei perto dele, mostrei com a mão os quadros do claustro, dei-lhe a entender que os achava bonitos. Pelos cabelos soltos e pela minha fisionomia juvenil achou, sem dúvida, que eu era criança. Sorriu-me bondosamente e retirou-se quando percebeu que não tinha diante de si nenhuma inimiga. Se eu tivesse podido falar-lhe em italiano, dir-lhe-ia que seria uma futura carmelita, mas não me foi possível, por causa dos construtores de torre de Babel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário