Busca no Blog

25 de setembro de 2019

O Coração é Tudo, Quando Não se Tem mais Nada - Santa Teresinha

Não dou importância alguma aos meus sonhos. Aliás, quando os tenho, raramente são simbólicos, e pergunto a mim mesma por que razão, pensando o dia inteiro em Nosso Senhor, não me ocupo mais, com ele, durante o sono... Geralmente sonho com bosques e flores, com riachos e mar e quase sempre vejo lindas criancinhas, caço borboletas e passarinhos, como nunca os vira iguais. Vedes, minha Mãe, que meus sonhos, tendo embora uma aparência poética, estão longe de ser místicos...
Depois da morte de Madre Genoveva, tive certa noite um mais consolador. Sonhei que ela fazia seu testamento, e a cada irmã dava alguma coisa que lhe pertencera. Ao chegar minha vez, julguei que nada receberia visto que já não lhe sobrava nada. Ela, porém, soergueu-se e disse-me por três vezes, com timbre penetrante: "A vós, vos deixo o meu coração".

Nenhum comentário:

Postar um comentário