Busca no Blog

25 de outubro de 2020

Os Segredos do Rei - Santa Teresinha

Querida Irmã, como somos felizes por compreender os íntimos segredos de nosso Esposo. Oh! se quisésseis lançar por escrito tudo o que sabeis a respeito, belas páginas teríamos para ler. Sei, contudo, que preferis guardar os "segredos do Rei", enquanto a mim dizeis "ser louvável publicar as obras do Altíssimo". Acho que tendes razão de guardar silêncio, e só com o único fim de vos obsequiar escrevo estas linhas,  pois sinto impossibilidade de formular em linguagem da terra os arcanos do Céu. Além do mais, depois de escrever páginas e páginas, teria a impressão de não ter ainda começado... Há tantos horizontes diferentes, há tantos matizes em escala infinita, que só a paleta do celestial Pintor poderá, após a noite desta vida, fornecer-me cores adequadas para pintar as maravilhas, que se descortinam aos olhos de minha alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário